esporte

sábado, 15 de outubro de 2016 21:02

Série B – Náutico marca nos acréscimos e tira o Bahia do G4

Bahia dependia de pelo menos dois resultados ruins dos seus três concorrentes, mas apenas um favoreceu ao tricolor, que subiu uma posição em relação a rodada anterior

O Esporte Clube Bahia venceu na noite de sexta-feira, 14, na Arena Fonte nova o Brasil de Pelotas, em jogos de seis pontos, já que o adversário está coladinho no G4 e saltou da sexta para a terceira colocação, retornando depois de algum tempo ao grupo dos quatro que garantem vaga na séria A 2017. Mas para se manter precisava ‘secar’ o Náutico que recebia o Ceará, o Londrina contra o Luverdense no Estádio do Café e o Avai que jogava contra o Tupy em seus domínios. Ao final da rodada o Tricolor encerra na quinta colocação.

Bahia deixou o G4 aos 48 do segundo tempo quando o Náutico marcou contra o Ceará

Bahia deixou o G4 aos 48 do segundo tempo quando o Náutico marcou contra o Ceará | Foto reprodução Globoesporte.com

O Bahia perdeu uma posição caindo de terceiro para quarto quando o Avai venceu o Tupy no jogo das 16h20, os outros dois começaria às 18h30. O Luverdense não se intimidou e jogo de igual contra o Londrina, e aos 25 min do segundo tempo Alan Patrick abriu o placar para o time visitante. Resultado ótimo para o Bahia que via seu concorrente direto estacionar em 48 pontos. Só que, como diz a velha máxima futebolista “o jogo só acaba quando o juiz apita” isto aconteceu. O árbitro deu quatro minutos de acréscimos, jogo até os 49. Aos 48 o Luverdense estava no campo de ataque, o goleiro da casa fez uma defesa e lançou a bola como sendo a última tentativa do empate, eis que aconteceu.Safira se livrou da marcação e toca na saída de Diogo Silva, empatando a partida, mas o resultado continuou sendo bom e mantendo a equipe no G4, como a mesma pontuação da equipe paranaense, 49, mas, o time da boa terra tem uma vitória a mais.

O torcedor tricolor passou a secar o Náutico que não conseguia sair do empate em zero a zero com o Ceará, caso terminasse no zero a rodada seria perfeita.Mas assim  como aconteceu com o Londrina, em Recife o árbitro deu quatro minutos de acréscimos e justamente nos 48, na cobrança de falta de Marco Antonio, Igor Rabello cabeceou forte para o gol garantindo a vitória do Timbu e empurrando o Bahia para a quinta posição.

Redação CN



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.