bahia

quinta-feira, 17 de novembro de 2016 09:22

Aposentados da Coelba reclamam de atrasos em benefício anual

Segundo o aposentado Tadeu Pacheco, a Previc admitiu à Faelba que o atraso na solução do caso era devido ao pessoal reduzido da autarquia, às férias e ausências de analistas.

Os aposentados da Coelba (Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia) estão indignados devido aos atrasos em pagamento de benefício anual. De acordo com o aposentado Tadeu Pacheco Neves, 91 anos, através de e-mail enviado à redação CN, a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), autarquia especial, vinculada ao Ministério da Previdência Social, com a finalidade de fiscalizar e supervisionar as entidades fechadas de previdência complementar, suspendeu o pagamento do beneficio, ao qual eles têm direito e recebiam regularmente.

Os aposentados vinculados à Faelba (Fundação Coelba de Previdência Complementar), devido à boa administração praticada por seus dirigentes, há mais de vinte anos, recebem, anualmente, no mês de março, um abono variável conforme o resultado superavitário obtido no exercício anterior, bastando informar posteriormente, a Previc sobre o referido benefício. Esta rotina era mantida, ininterruptamente, por mais de doze anos. Porém, em março de 2016, depois de a Faelba ter comunicado aos seus assistidos que o crédito seria realizado na data habitual, a Previc, mediante ameaças e exigências de todo tipo, proibiu a realização desse pagamento, mesmo sabendo que os aposentados envolvidos já haviam assumido compromissos que não mais podiam ser cancelados, criando o caos financeiro para as famílias de centenas de idosos”, relata Tadeu.

Segundo o aposentado, a Previc admitiu à Faelba que o atraso na solução do caso era devido ao pessoal reduzido da autarquia, às férias e ausências de analistas. E por fim desabafa: “centenas de famílias de aposentados da Coelba, esperam uma solução para receber um dinheiro que lhes pertence, e que investiram durante décadas de suas vidas, para poder desfrutar de uma aposentaria digna e sem sobressaltos”.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.