geral

quinta-feira, 03 de novembro de 2016 20:44

Bahia é o estado que mais tem mortes por arma de fogo

Foram 4.652 mortes desse tipo em 2014; o dado é do Anuário Brasileiro de Segurança Pública

Todos os dias morrem 12 pessoas, vítimas de disparos de arma de fogo, na Bahia. Foram 4.652 mortes desse tipo em 2014, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta quinta-feira (3). A Bahia é seguida de perto por Ceará (3.800), Rio de Janeiro (3.656) e São Paulo (3.536).

O Anúario, publicado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divide as mortes por agressão, por instrumento utilizado. Depois das armas de fogo, o mais usado nesse tipo de crime são objetos cortantes, as armas brancas. Na Bahia, foram 881 em 2014. Outros instrumentos somam 364, totalizando 5.897 mortes por agressão no estado. O total é menor do que o estado de São Paulo (5.940), que possui um alto número de mortes por armas brancas (1.750).
A cada cinco mortos por agressão na Bahia, quatro são por arma de fogo. O uso desse instrumento corresponde a 78,9% do total. Esse tipo de arma é ainda mais utilizado em Alagoas (86,8%), Rio Grande do Norte (81,9%) e Sergipe (81,8%). Os únicos estados onde as armas brancas matam mais gente do que armas de fogo são Roraima e Tocantins.
A Bahia já havia sido apontada como o estado com mais mortes violentas intencionais, de acordo com uma prévia do relatório.

Apreensão

Apesar do alto número de mortos por armas de fogo, a Bahia apreende menos esse tipo de arma do que outros estados. No Anuário, os pesquisadores apontam a falta de políticas específicas de apreensão de armas nos estados. A Bahia apreendeu, em 2015, 5.263 armas. O número é a soma das apreensões das polícias estaduais e federais.

De 2014 para 2015, houve um aumento de 7,1% nas apreensões. Mesmo assim, a quantia deste ano coloca a Bahia bem abaixo de estados como Minas Gerais (23.227), São Paulo (18.605) e Ceará (11.675). Rio de Janeiro (9.268) e Paraná (7.337) também realizaram mais apreensões do que a Bahia em 2015.
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) foi procurada para comentar o assunto, mas até o momento não se posicionou.
Fonte: Correio24horas


COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.