brasil

terça-feira, 22 de novembro de 2016 14:53

Garotinho deixa hospital no Rio e irá cumprir prisão domiciliar

Ele é suspeito de usar o programa social Cheque Cidadão para comprar votos nas eleições de Campos dos Goytacazes

rtemagicc_garotinho2211-jpg

O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, recebeu alta do Hospital Quinta D’Or, na manhã desta terça-feira (22) e seguiu para casa, onde irá cumprir prisão domiciliar. A esposa do ex-governador e prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, acompanhou o marido. O político estava internado desde a noite de sábado (19).

Segundo informações do G1 Rio, o advogado de Garotinho, Fernando Fernandes, disse que ele está estável e se recuperando da cirurgia. “Ele quase morreu. Só pode receber parentes, advogados e médicos. Em 15 dias, ele vai ser submetido a uma avaliação médica”, disse o advogado. Ainda segundo Fernandes, a Justiça não determinou o uso de tornozeleira eletrônica.

Garotinho foi submetido a um do cateterismo no domingo (20). Ele disse que começou a sentir dores abdominais quando estava na Superintendência da Polícia Federal, na quarta-feira (16), quando foi preso em casa pela Polícia Federal, na Operação Chequinho. Ele é suspeito de usar o programa social Cheque Cidadão para comprar votos nas eleições de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

A Operação Chequinho se iniciou em setembro deste ano, quando o MPE e a PF detectaram um “crescimento desordenado” do programa Cheque Cidadão. Em dois meses, o número de inscritos pulou de 12 mil para 30 mil. A operação já prendeu vereadores, eleitores e outros envolvidos no esquema.

Correio24H



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.