bahia

sexta-feira, 25 de novembro de 2016 15:03

Morre 10ª vítima de explosão em farmácia em Camaçari

Vilma Conceição Santos, 40 anos, estava internada no Hospital Geral do Estado (HGE)

Vilma Conceição Santos

Vilma Conceição Santos

Morreu nesta sexta-feira (25) a décima vítima do incêndio na farmácia Pague Menos, na cidade de Camaçari. Vilma Conceição Santos, 40 anos, estava internada no Hospital Geral do Estado (HGE) desde a última quarta-feira (23).

Ela deu entrada na unidade de saúde às 17h e morreu às 11h30 de hoje. Vilma era funcionária da farmácia e morava no município de Dias D’avila, Região Metropolitana de Salvador. Ela era casada e mãe de uma filha.

De acordo com o laudo da necropsia, ela chegou ao HGE em estado grave, com queimaduras de terceiro grau. Segundo o posto policial do HGE, seis vítimas do incêndio deram entrada na unidade. Essa foi a primeira morte registrada.

Segundo o marido de Vilma, o funcionário público José de Jesus Barreto, 43 anos, disse em entrevista ao CORREIO que a esposa trabalhava na farmácia há quatro anos. “Quando me ligaram dizendo que a farmácia estava pegando fogo, pensei no pior”, disse Barreto.

Ele disse ainda que antes de dar entrada no HGE Vilma foi levada para o Hospital Geral de Camaçari. “Quando a vi, ela já estava com o balão de oxigênio, sem poder falar e com o corpo todo queimado”, lamentou. Vilma e José eram casados há quatro anos.

O irmão de Vilma, Fernando Conceição, 36 anos, lamentou a morte da familiar. “Estou lembrando dos bons momentos que tive com ela. Não quero esquecer. E o pior é que não pude fazer nada. Se estivese lá ainda poderia fazer alguma coisa”, afirmou.

Explosão
O incêndio atingiu a loja da rede Pague Menos, na Avenida Getúlio Vargas, na última quarta-feira (23). Os corpos das três primeiras vítimas fatais, carbonizados, foram os primeiros a serem retirados do local. À noite, outros três corpos foram localizados nos escombros, segundo o Major Lanusse Araújo, comandante do 10º Grupamento de Bombeiros Militares, que participou das buscas no local.

Segundo Washington Luís, secretário de Saúde de Camaçari, das 14 vítimas que ficaram feridas, cinco estão em Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. As outras nove foram para o Hospital Geral de Camaçari, sendo que quatro foram transferidas posteriormente para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. O helicóptero do Graer, da Polícia Militar, ajudou, fazendo transporte de duas das vítimas em estado grave e as outras duas foram transferidas de ambulância.

Em nota, a Pague Menos informou que lamenta o incidente e que se solidariza com a dor das vítimas. A assessoria informou que a empresa está prestando assistência às famílias e que está trabalhando junto com as autoridades para investigar a causa do acidente. “A segurança dos nossos funcionários e clientes sempre foi e sempre será de extrema importância para nossa companhia”, diz a nota.

Correio24H



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.