educacao

quinta-feira, 24 de novembro de 2016 09:18

Professores da Uefs não aprovam greve, mas seguem mobilizados

No âmbito do Estado, além de cobrar respostas à pauta ao governo, as direções das associações docentes das universidades estaduais baianas exigirão o compromisso dos deputados com as reivindicações da categoria.

Conforme assembleia, os professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) não aprovaram a deflagração da greve indicada pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), mas seguem mobilizados contra os projetos do governo Temer para o setor público.

Além de participar da Marcha a Brasília, em 29 deste, a categoria endossará o ato público marcado para a próxima sexta-feira (25), às 8h30, em frente à Prefeitura. O protesto desta semana é convocado como Dia Nacional de Mobilizações e Greves.

O ato em frente ao Paço Municipal reforça as denúncias sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55/2016 (antes chamada de PEC 241), que corta os investimentos em educação, saúde, segurança e outras áreas por vinte anos. Ainda na pauta da mobilização, a luta contra a Medida Provisória que prevê a reforma do Ensino Médio; os Projetos de Lei relacionados ao Movimento Escola sem Partido; o PL 257, que estabelece um novo limite para o crescimento do gasto público; além das reformas previdenciária e trabalhista.

O Dia Nacional de Mobilizações e Greves, ocorrido também em 11 de novembro, com atos públicos em diversos estados, foi resultado de amplo debate entre representantes do Andes-SN e das centrais sindicais de todo o país, no qual foi evidenciada a urgência em intensificar as ações, diante do agravamento das investidas do governo federal contra o setor público e os direitos dos trabalhadores.

A mobilização soma-se ao processo de ocupação estudantil das escolas, universidades e institutos federais, bem como à deflagração da greve em um crescente número de universidades federais.
A assembleia dos professores da Uefs ocorreu terça-feira (22).

Acorda Cidade



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

%d blogueiros gostam disto: