bahia

quinta-feira, 01 de dezembro de 2016 09:54

Caso Ienata é pauta de audiência com secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia

O secretário Maurício Barbosa disse que tem por obrigação concluir as investigações e fazer todo o trabalho possível para tranqüilizar a comunidade. Ele comprometeu-se em acompanhar o andamento do caso junto à coordenação Regional da polícia civil

Audiência do caso Ienata na SSP-BA

Audiência do caso Ienata na SSP-BA

“Não é por ser filha única. É uma vida. Deixaram uma mãe arrasada e um filho destruído. Por que fizeram isso com minha filha? É muito doloroso saber que não vou vê-la mais”, desabafou dona Maria Pedreira, mãe de Ienata Pedreira Rios (35 anos) que foi assassinada brutalmente em julho deste ano, em sua casa no município de Riachão do Jacuípe.

O desabafo da mãe foi ouvido na útima quarta-feira (30) por Maurício Barbosa, secretário de Segurança Pública do Estado, na sede da Secretaria em Salvador. A audiência foi solicitada pela deputada estadual Neusa Cadore (PT) após pedido do vereador do município, Ninho Motoboy, e da manifestação da comunidade local e regional que anseia pela elucidação do caso.

“É um crime com requinte de muita crueldade. Foram mais de 60 facadas. Ienata era uma pessoa e uma servidora realmente exemplar. Ela era extremamente preocupada com o social. A sociedade está amedrontada, pois não sabe a face do assassino. Não se trata de dizer que ela é mais importante do que ninguém mas nós queremos uma resposta sobre esse homicídio”, afirmou o advogado da família, Albérico Rios.

Audiência foi solicitada pela deputada Neusa Cadore

Audiência foi solicitada pela deputada Neusa Cadore

Também participaram da audiência colegas de profissão e amigos de Ienata, entre elas a professora de Pé de Serra, Lidiane, o professor Wladson da Escola Projeção de Coité, a diretora e a vice-diretora do CETEP Bacia do Jacuípe II, professoras Rosário e Janete, além do repórter da Rádio Baiana FM, Neto Terra Branca.

O vereador Ninho ressaltou a cobrança da população para resolução do inquérito e a punição dos envolvidos. “A sociedade precisa de uma resposta, por isso a gente vem pedir agilidade ao Estado”, disse o vereador. Ninho aproveitou para protocolar uma solicitação de uma viatura para a polícia civil e a ampliação do efetivo.

“Essa vinda da comunidade é um passo importante no enfrentamento desse crime que tanto afetou a família e a comunidade de Riachão e do Território. Nós solicitamos uma atenção da Secretaria para colocar toda a estrutura possível para o esclarecimento deste crime contra uma mulher”, informou a deputada Neusa.

A parlamentar agradeceu ao secretário Maurício e a participação das colegas de Comissão dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa, as deputadas petistas Fátima Nunes e Maria del Carmen. Neusa lembrou ainda a campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra mulher. Segundo ela é um desafio de todos lutar para acabar com essa violência que ainda vitima muitas mulheres.

O secretário Maurício Barbosa disse que tem por obrigação concluir as investigações e fazer todo o trabalho possível para tranqüilizar a comunidade. Ele comprometeu-se em acompanhar o andamento do caso junto à coordenação Regional da polícia civil.

Lino Filho – Ascom Neusa Cadore



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.