santaluz

quarta-feira, 07 de dezembro de 2016 09:23

Professor desaparecido há 6 meses segue sem identificação do corpo

A autoria e a motivação eram desconhecidas da polícia.

Dois corpos carbonizados foram encontrados em junho deste ano no município de Santaluz, porém um deles permanece sem identificação. Edivaldo Silva de Oliveira e Jeovan Bandeira, ambos professores, ficaram desaparecidos por três dias, na região sisaleira do estado.

Os corpos foram encontrados carbonizados no porta-malas de um carro, às margens da BA 120, perto da entrada da cidade de Queimadas. Edivaldo foi identificado e liberado para a família um dia depois da descoberta, mas o segundo corpo, que supostamente seria de Jeovan, continua sem identificação.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) informou que aguarda o resultado do DNA e que a demanda do órgão segue uma ordem cronológica. Em junho, a autoria e a motivação eram desconhecidas da polícia. Procurada pelo Bahia Notícias, a delegacia da cidade não se pronunciou sobre o caso até o fechamento da reportagem.

Bahia Notícias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

  • + LIDAS