brasil

segunda-feira, 06 de fevereiro de 2017 16:47

Minha Casa, Minha Vida passa a incluir famílias com renda de até R$ 9.000

O anúncio foi feito em evento no Palácio do Planalto na tarde desta segunda-feira (6)

Foto: reprodução

O governo federal anunciou nesta segunda-feira (6) que famílias com renda de até R$ 9.000 poderão aderir ao programa Minha Casa, Minha Vida e comprar a casa própria com juros mais baixos que os de mercado. Atualmente, o limite máximo de renda para participar do programa é de R$ 6.500.

O programa oferece condições diferentes de acordo com a renda familiar –são consideradas quatro faixas de renda. Para as famílias mais pobres, por exemplo, há um subsídio maior do governo e juros menores.

Os limites de renda para cada faixa do Minha Casa também será alterado:

  • Faixa: renda familiar máxima continua em R$ 1.800;
  • Faixa 1,5: renda familiar máxima passa de R$ 2.350 para R$ 2.600;
  • Faixa 2: renda familiar máxima passa de R$ 3.600 para R$ 4.000;
  • Faixa 3: renda familiar máxima passa de R$ 6.500 para R$ 9.000.

Preço máximo de imóvel também sobe

Também aumentará o preço máximo de imóveis que podem ser comprados no programa.

Em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, o valor muda de R$ 225 mil para R$ 240 mil. Já nas capitais das regiões Norte e Nordeste, o valor muda de R$ 170 mil para R$ 180 mil, segundo exemplo citado pelo governo.

O anúncio foi feito em evento no Palácio do Planalto na tarde desta segunda-feira (6). O objetivo, segundo o governo, é estimular a economia do país e o setor de construção civil e a meta do programa é contratar 610 mil unidades em 2017, em todas as faixas.

A mudança “amplia consideravelmente o número de pessoas” que podem ter acesso e “atinge a classe média”, segundo o ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira. Segundo ele, os recursos disponíveis para financiamento imobiliário passarão de R$ 64,4 bilhões para R$ 72,9 milhões –alta de R$ 8,5 bilhões–, com reforços principalmente do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Sobre o ‘Minha Casa’

O “Minha Casa, Minha Vida” é o programa habitacional do governo federal que oferece financiamento da casa própria com juros menores que os de mercado e com subsídios para as famílias de baixa renda. O programa foi criado na gestão Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 2009.

O valor máximo do imóvel, a taxa de juros e a possibilidade de receber subsídio dependem da renda da família e da localização do imóvel.

O Minha Casa foi concebido para dinamizar a construção civil brasileira e combater os efeitos da crise econômica internacional iniciada em 2008. Também se tornou um instrumento para reduzir a falta de moradia no país, mas não escapa de críticas de pesquisadores que estudam seus empreendimentos.

UOl



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.