brasil

quinta-feira, 09 de março de 2017 17:46

Contraste: quatro municípios do Amazonas estão em situação de emergência por causa da cheia

A região Nordeste clama pela chuva que está demais no Norte do Brasil

Mais dois municípios da calha do Rio Juruá, no Amazonas, decretaram situação de emergência por causa da cheia: Eirunepé e Itamarati. Pelo menos 3,2 mil famílias foram afetadas nas duas cidades, que vão receber ajuda humanitária dos governos federal e estadual.

“Agora já são quatro municípios em emergência naquela calha que é afetada pela cheia deste ano e pelas fortes chuvas, que são comuns no período de inverno amazônico. Houve o transbordamento do rio afetando mais de 6 mil famílias nos quatro municípios. A Defesa Civil do estado trabalha em conjunto com as defesas municipais, com o apoio do governo federal, na distribuição de ajuda humanitária”, explicou o secretário executivo da Defesa Civil do Estado, coronel Fernando Pires Júnior.

Ao todo, 5.970 famílias estão afetadas na região do Juruá. Ruas de Itamarati estão inundadas (Foto: Defesa Civil/Divulgação)

Os primeiros municípios a decretarem situação de emergência foram Guajará e Ipixuna. Nesta semana, a Defesa Civil do Amazonas iniciou a distribuição de ajuda humanitária às famílias afetadas. São 21 toneladas de mantimentos para as duas cidades, que incluem cestas básicas, kits de medicamentos e de higiene pessoal, lençol, rede, mosquiteiro e ainda, hipoclorito de sódio, para purificação da água.

Mais três municípios da calha do Juruá estão em situação de alerta e sete da calha do Solimões, em estado de atenção por causa da cheia. A Defesa Civil estadual está elaborando um plano de ação caso ocorra uma grande cheia. A confirmação de tal previsão para o estado só deve sair no dia 31 de março, quando o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), divulgará o primeiro boletim de alerta para cheia.

Agência Brasil



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.