esporte

quinta-feira, 09 de março de 2017 22:24

Copa do Brasil: Vitória cede empate ao Vasco nos acréscimos depois de todo segundo tempo com um jogador a menos

O Leão sofria pressão quando teve um pênalti ao seu favor na metade do segundo tempo. Patrick não desperdiçou. O Vasco também empatou de pênalti aos 47min

O Vitória foi ao Estádio São Januário na noite desta quinta-feira, 09, enfrentar o Vasco da Gama em jogo válido pela terceira fase da Copa do Brasil e por pouco não saiu com uma vitória heroica, pois, jogando fora de casa segurou a pressão dos donos da casa no primeiro tempo, mas nos descontos teve o lateral esquerdo Euller expulso aos 46 min por falta em cima de Kelvin.

O Leão sabia da dificuldade que encontraria no segundo tempo com um jogador a menos, o treinador Argel Fucks sacrificou o atacante Paulinho que precisou repor a defesa colocando Geferson, a uma altura daquela segurar um empate fora de casa seria grande resultado e recebeu foi pressão, para se ter uma ideia, em três minutos, o Vasco criou mais do que no primeiro tempo inteiro.

Foto: reprodução Globo Esporte

Mas o que pouca gente acreditava aconteceu, aos 22 minutos ataque do Vitória numa disputa de bola Manga perde a coloca a mão na bola dentro da área. Penalidade para o Leão. Patrick bate forte e no ângulo, sem qualquer chance para Martín Silva, uma ducha fria para a equipe cruz maltina que passou a ter uma torcida desacreditada e a cada substituição chamava o treinado Cristóvão Borges de ‘burro’. O presidente Eurico Miranda também não foi poupado.

Em campo os jogadores tentavam ‘salvar a pele deles e da diretoria, se manteve o tempo todo no ataque e o Leão era só defesa, na medida que o tempo passava e as jogadas sem boas finalizações aumentava o desespero. O árbitro do jogo mostra uma mão aberta que corresponde a 5 minutos de acréscimos. Aos 46 uma jogada pela esquerda Nenê tenta invadir a grande área e leva tranco de David e juiz estava próximo ao lance e apontou para a marca do pênalti, bastante contestado pelos jogadores rubro negros que disseram que o empurrão foi fora da área. O próprio Nenê cobrou e empatou o jogo.

Os dois clubes voltam a se encontrar no Estádio Barradão, empate sem gols o Vitória garante a vaga para a quarta fase, novo empate em 1 a 1 a vaga será conhecida na disputa de penalidades e de 2 a 2 acima a vaga fica para o Vasco, Triunfo por qualquer placar de ambas as equipes a vaga é garantida.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.