bahia

quarta-feira, 08 de março de 2017 15:28

Dia Internacional da Mulher em Coité é marcado por manifestação contra a reforma da previdência

A manifestação percorreu pelo Centro da cidade até a agência do INSS do município, onde houve várias intervenções dos participantes se posicionando contra a Reforma da Previdência

Foto: ASCOM Sintraf

“Essa PEC vai cair, vai cair”, esse foi o mote que deu a tônica do Ato Mulheres contra a Reforma da Previdência, que aconteceu na manhã desta quarta-feira, 08, em Conceição do Coité. Além da luta contra a PEC 287/16, que retira direitos da classe trabalhadora, no ato houve protestos contra a violência às mulheres, reforma trabalhista e a favor dos direitos das minorias.

Urbano Carvalho representando o Sintraf Coité e Fatres | Foto: ASCOM Sintraf

Realizado pela Secretaria de Politicas para as Mulheres do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar – SINTRAF Coité, a manifestação contou com presença de agricultoras familiares, estudantes da rede pública, universitários da UNEB Campus XIV, movimentos negro e periférico, LGTB, e trabalhadores do campo e da cidade.

“Quando se fala em violência contra as mulheres, essa PEC é uma das maiores violências aos direitos das mulheres já registrado nesse país. É bom a gente lembrar que elas têm uma jornada tripla de trabalho, então é importante dizer que estamos aqui pra fazer o enfrentamento à esses golpistas que querem acabar com as conquistas do povo, em especial das mulheres trabalhadoras”, falou Urbano Carvalho, presidente do SINTRAF Coité e coordenador da Fundação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Semiárido Baiano –  FATRES.

Secretária de Educação Perpétua Sampaio | Foto: ASCOM Sintraf

Para a secretária de Educação do município, Perpétua Sampaio, a questão da violência tem que ser trabalhada desde a infância nas escolas e em cada família, “nós temos que romper com essa cultura de criar machistas, de fazer espancadores e, só fazemos isso trabalhando com nossas crianças, dando um basta nisso em nossas casas criando as crianças entendendo mulher como ser igual, pois antes de mais nada somos todos humanos”.

A manifestação percorreu pelo Centro da cidade até a agência do INSS do município, onde houve várias intervenções dos participantes se posicionando contra a Reforma da Previdência.

Manifestação terminou na porta da Previdência Social | Foto: ASCOM Sintraf

Por Gilcimar Pereira


COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.