bahia

quinta-feira, 23 de março de 2017 15:41

Embasa orienta moradores de Riachão do Jacuípe sobre redução no consumo de água

A ação contou com a distribuição de panfletos educativos, orientações e dicas sobre economia de água e acontecerá também em Valente nesta sexta-feira (24).

Foto: ASCOM Embasa

A manhã dessa quinta-feira (23), em Riachão do Jacuípe, foi marcada pela reflexão acerca da  importância do uso racional da água e da preservação dos recursos hídricos. Colaboradores da Embasa abordaram pedestres e motoristas no centro da cidade e informaram sobre a situação de alerta em que se encontra o sistema de abastecimento de água, devido ao baixo volume da Barragem de Pedras Altas. A ação também integrou as atividades do Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março.

“Queremos engajar a comunidade de todos os municípios da região numa ampla mobilização pelo uso racional da água. A barragem está com o volume reduzido e esse cenário tende a se agravar se não houver um uso moderado da água”, alerta a assistente social da Embasa, Núbia Simas. A ação contou com a distribuição de panfletos educativos, orientações e dicas sobre economia de água e acontecerá também em Valente amanhã (24).

Foto: ASCOM Embasa

A diretora da Escola Santa Marta, Maria Celeste Guimarães, ressaltou a importância da iniciativa. “Na escola, a gente já vem conscientizando os alunos para o uso correto da água. Esse alerta da Embasa fortalece essa mensagem e ajuda muito”, conta. Já a agente comunitária de saúde, Maria da Conceição Soares, se comprometeu a levar a mensagem aos moradores com quem trabalha. “Quanto mais a gente insistir nesse tema da consciência no consumo da água, teremos resultados positivos”, afirmou.

Alerta – Riachão do Jacuípe, além dos municípios de Candeal, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Gavião, Ichu, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Quixabeira, São Domingos, São José do Jacuípe e Valente, são atendidos pelo sistema que está em alerta por causa da queda do nível da Barragem de Pedras Altas. Efeito do prolongado período de estiagem, a barragem perde volume a cada dia e está com apenas 22% de sua capacidade.

Como medida preventiva, a Embasa diminuiu a retirada de água da barragem de Pedras Altas e está complementando com água da barragem de São José do Jacuípe. Do volume total distribuído hoje, 60% vem de Pedras Altas e 40% de São José do Jacuípe. “Chegamos a um cenário em que será preciso consumir menos água para que possamos garantir o abastecimento de água regular”, alerta o gerente regional da Embasa, Euvaldo dos Santos Neto.

Fonte: ASCOM Embasa



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.