colunas

domingo, 12 de março de 2017 21:04

Equívocos das motivações traçadas por uma vida melhor – Ângelo Almeida

O quê pensamos aqui é que são muitos os equívocos que traçamos a fim de melhor criar e proporcional uma vida com mais satisfação e contentamento.

“Quer mudar o mundo, começa de dentro para fora”, Leo Buscaglia; este Escritor me ajudou muito na minha adolescência, pois autor de diversos livros como “Vivendo, Amando e Aprendendo”, com seu toque humor na sua escrita ele promovia a superação dos momentos que considerávamos o fim, e para ele era o recomeço, era a oportunidade de sobressair do nosso ser o homem forte que não conhecíamos. Pois bem, nessa linha de pensamento, os anos passaram e aprendemos que estamos à procura do nosso bem-estar todos os dias, porém, os padrões psicológicos, os paradigmas, mudam e traz consigo novas concepções de mundo. Por exemplo:

– Hoje descobrimos que o maior patrimônio é conquistar à paz, porém, se a conquista dessa paz exige satisfazer os moldes de uma sociedade doentia e consumista, estamos equivocados em nossas intenções, e jamais teremos conquistado a verdadeira paz, o que se camufla é um prazer momentâneo, mas paz de verdade é bem diferente.

Assim, pensamos, que essa evolução no mundo em tecnologias onde interligam pessoas via sinais de rádio, conexão via cabo, sinais de satélites promovendo uma Rede de Pessoas via a Internet, e nos permitiram quebrar a solidão de maneira mecânica, pois somos seres carentes do toque, do cheiro e da convivência em sociedade e família, e isto, não se muda de uma noite para um dia. Mas, as máquinas, os smartphone, os tablets e computadores não preencheram os sentidos sensoriais do cheiro, do toque, do ouvir, da boa reunião em família para promover as boas conversas.

O quê pensamos aqui é que são muitos os equívocos que traçamos a fim de melhor criar e proporcional uma vida com mais satisfação e contentamento. Porquê será ? Não seria o reforço do ser exterior, quando se tem um vazio na alma? Ou por que não, – atrair alguém ou alguma coisa valorizando o exterior com a estética dos moldes das roupas sedutoras, quando o que se pesca é superficial?

Pois então, – o que vale mais a pena?

– Manter-se calado e sentir o ar oxigênio encher o pulmão ou inalar a nicotina de um cigarro que inclui você em um seleto grupo de pessoas?

– Viver com a marca de roupa famosa, porém o saldo da conta corrente sempre no vermelho?

Respostas que somente você e eu, cada um, individualmente, poderá se auto-analisar e pensar, – aonde estamos indo com nossa maneira de viver. E que, ainda, há tempos para mudarmos e reconstruirmos uma nova vida, um novo jeito de viver, e se motivar em traçar novas estratégias longe das antigas e viciosas atitudes que não levaram a nada, a não ser o pão de dores e decepções. É tempo de adquirirmos o quê, ainda, não ajuntamos durante toda a vida: a verdadeira paz.

Prof. Ângelo Almeida



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.