brasil

quarta-feira, 29 de março de 2017 15:37

Temer diz que Brasil pode parar em 7 anos se não houver reforma previdenciária

A questão dos trabalhadores rurais, a questão dos deficientes, eu compreendo, e nós podemos ainda negociar, de modo a aprovar a reforma", acrescentou.

O presidente Michel Temer voltou a defender a necessidade da reforma previdenciária nesta quarta-feira (29). Durante abertura da 10ª Conferência do Bank Of ameria Merrill Lynch, em São Paulo, o peemedebista disse que se as mudanças não forem feitas agora, terão de ser feitas em três ano, já que oo país pode parar em 2024.

“Estamos fazendo regras de transição que permitam que, muito brevemente, as finanças públicas possam estar mais equilibradas e que não possam gerar o que ocorreu na Grécia, em Portugal, na Espanha e na França, que tiveram de reduzir valores de aposentadorias e de salários de servidores”, declarou o presidente. Temer atribuiu à “interlocução plena” que seu governo possui com o Congresso Nacional a responsabilidade pela aprovação da matéria. “Precisamos aproveitar esse momento de apoio do Congresso Nacional para fazer essa reforma. A reforma não prejudicará ninguém. A questão dos trabalhadores rurais, a questão dos deficientes, eu compreendo, e nós podemos ainda negociar, de modo a aprovar a reforma”, acrescentou.

Bahia Notícias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.