educacao

sexta-feira, 24 de março de 2017 00:54

TJBA determina retorno imediato dos professores da rede municipal de Pintadas, as salas de aula

O prefeito João Batista e o procurador do município Anderson Souza convocaram os professores para falar da liminar e que não são contra a paralisação nacional, Não aceitou como foi feito em Pintadas, sem uma comunicação previa.

Foi publicado nesta quinta-feira, 23, uma liminar do Tribunal de Justiça da Bahia – TJBA, por ordem do desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, determinando que todos os professores da rede municipal de ensino de Pintadas, município do território da Bacia do Jacuípe voltem para as salas de aula já nesta sexta-feira (24).

segundo informações, os professores estão em greve desde o dia 16 de março, liderados pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Pintadas, sem nenhuma comunicação oficial ao município, ou seja, comunicaram no mesmo dia que paralisaram as atividades, ato considerado pela justiça como ilegal.

O prefeito João Batista e o procurador jurídico do município, Anderson de Souza, mediante articulação da secretaria municipal de educação, convocou a categoria para comparecer a Câmara Municipal para uma espécie de entrevista coletiva para esclarecer, “que a greve dos professores foi arbitrária, pelo fato de não ter comunicado a administração municipal em tempo hábil. Assim o município sentindo que os alunos da rede pública de ensino estavam sendo prejudicados, ajuizou mandando de segurança no tribunal e o resultado foi a obtenção da liminar”, afirmou nota da assessoria do prefeito.

professores foram a Câmara para ouvirem o prefeito e o procurador do município

O calila Noticias não conseguiu contato com o Sindicato dos Servidores Públicos de Pintadas para saber como os professores irão se comportar após a determinação do TJ.

Leia a liminar na íntegra

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.