bahia

quarta-feira, 24 de maio de 2017 15:39

Consórcio da Bacia do Jacuípe assina convênio com o Governo para realização de serviços de manutenção de estradas

O contrato entre Governo e Consórcio do Jacuípe foi assinado na ordem de R$ 2.590.477,13 que serão aplicados na recuperação de 581,3 quilômetros das estradas

Auditório da SEINFRA | Foto: Raimundo Mascarenhas

A manhã desta terça-feira, 24, no auditório da Secretária de Infraestrutura do Estado da Bahia – SEINFRA, foi bastante concorrida quando o governador Rui Costa reuniu centenas de prefeitos de oito consórcios públicos para assinatura de contrato que assegura obras em mais de 3 mil quilômetros de estradas.

De acordo com Rui Costa, o Governo decidiu investir neste modelo de consórcios por ser mais barato para os municípios. “Vamos seguir aquele ditado que diz ‘a união faz a força’. Nós já estamos avançados com os consórcios de saúde e agora pretendemos avançar com esses de infraestrutura. Queremos aumentar o número de máquinas nesse processo e contratar os consórcios também para realizar pequenas intervenções dentro das cidades, como reparo de asfalto, por exemplo. O custo desse modelo é muito menor e, por isso, podemos atender mais municípios e, consequentemente, beneficiar mais pessoas”, explicou o governador.

Presidentes de Consórcios a lado do governador e o secretário de Infraestrutura | Foto: Raimundo Mascarenhas

Os oito contratos foram assinados individualmente, quando cada presidente de Consócio era chamado para assinatura do documento juntamente com o governador Rui Costa e o secretário de Infraestrutura Marcus Cavalcanti.

Um dos consórcios contemplados foi o da Bacia do Jacuípe, que tem como presidente o prefeito de Capela do Alto Alegra Claudinei Xavier Novato (PCdoB) que disse ao Calila Noticias que mesmo antes do que foi realizado hoje, foi feito recuperação com tapa-buracos da rodovia BA 349 que liga Capela a Nova Fátima.

Dr Nei como é conhecido o presidente do Consórcio da Bacia do Jacuípe disse que é muito boa a expectativa para que a ações avancem (Ouça)

Depois de assinar contrato presidente do Consórcio do Jacuípe Dr Nei exibe para o público presente, de modo especial aos prefeitos do seu território | Foto: Raimundo Mascarenhas

Os consórcios serão fiscalizadores e executores, quando necessária a recuperação de rodovias, assim como fez o Consórcio do Jacuípe quando utilizou a própria estrutura  de maquinários para realizar os serviços. Também atuará na roçagem as margens da rodovias entre outras atividades para uma melhor conservação.

Segundo o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, os contratos para os serviços simplificados serão controlados por cada município, descentralizando as ações do Governo e agilizando o processo de conservação e manutenção das estradas na Bahia. “Nada melhor que os próprios gestores de cada cidade orientar e fazer o controle das obras que precisam ser feitas. Esse modelo adotado pelo Governo é uma ferramenta moderna que garante mais eficiência e menor custo na execução dos serviços de infraestrutura”.

Dr Nei fez questão de posar para foto ao lado dos colegas e do secretário de Infraestrutura | Foto: Raimundo Mascarenhas

Além do Consórcio do Jacuípe o Governo firmou contrato com os consórcios: Mata Atlântica; Chapada Forte; Território do Sisal; Território do São Francisco; Municípios do Oeste da Bahia; Alto Sertão; e Território de Irecê.

Na modalidade Multifinalitário, o consórcio poderá atuar em diversas áreas, como planejamento regional, saneamento básico, transporte urbano e intermunicipal, infraestrutura, turismo, trânsito, assistência social, educação, meio ambiente, entre outros.

O contrato entre Governo e Consórcio do Jacuípe foi assinado na ordem de  R$ 2.590.477,13 que serão aplicados na recuperação de 581,3 quilômetros das estradas – Veja relação

BA 120 – BA 052 – Serra Preta – Ponto – BR 324 – 48,6 km (pavimentada)
BA 791 – Quixabeira – BR 324 – 8,7 km (pavimentada)
BA 417 – Várzea do Poço – Br 324/130 – 27,9 km (pavimentada)
BA 414 – Pintadas – BA 052 (Ipirá) – 47 km (pavimentada)
BA 349 – Capela de Alto Alegre – Nova Fátima – 24 km (pavimentada)
BA 130 – Capim Grosso – Mairi – Baixa Grande – 76,2 km (pavimentada)
BA 233 – Pé de Serra – BR 324 – 18,8 km (pavimentada)
BA 413 – Queimadas – R. da Onça – Pereira – Itatiaia – 61,8 km (não pavimentada)
BA 414 – S. J. do Jacuípe – Capela – Pintadas – 61,9 km (não pavimentada)
BA 424 – Pintadas – Bom Sucesso – 11 km (não pavimentada)
BA 233 – Ipirá – Pé de Serra – 44 km (não pavimentada)
BA 422 – Várzea da Roça – Morrinhos – Várzea do Poço – 27,4 km (não pavimentada)
BA 490 – Ipirá – João Velho – 18,9 km (não pavimentada)
BA 424 – BA 130 (prox. Mairi) – Mundo Novo – 51,1 km (não pavimentada)
BA 422 – Itapura (Várzea do Poço) – Miguel Calmon – 30,5 km (não pavimentada)
BA 233 – Riachão do Jacuípe – Ichu – 23,5 km (não pavimentada),

CONSISAL receberá mais de R$ 1 milhão para investir em recuperação de estradas

Redação CN | SECOM 

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.