bahia

quarta-feira, 17 de maio de 2017 12:00

Feira: motorista que atropelou ciclista se apresenta na delegacia e diz que não prestou socorro por medo

Segundo o advogado Flavio Tavares, o motorista do caminhão ficou bastante abalado com o que aconteceu.

Condutor do caminhão (camisa listrada) chegou a DEPOL na companhia do advogado

O motorista que atropelou o ciclista Valney Paes de Almeida, 54 anos, na manhã de ontem (16) na Avenida Nóide Cerqueira, se apresentou na delegacia na manhã desta quarta-feira (17) junto com o advogado. José Ferreira dos Reis de 56 anos é residente em Feira de Santana e não quis falar com a imprensa. O advogado dele, Flavio Tavares, explicou porque ele não prestou socorro à vítima.

“Ele ia parar no momento que sentiu o baque no caminhão, mas ele ouviu vários gritos e xingamentos e resolveu não parar pela integridade física dele. Meu cliente saiu de carro para carregar o caminhão às 6h, ia fazer o retorno, quando ocorreu essa tragédia. Assim que o acidente aconteceu, ele levou o caminhão para o pátio da empresa, me ligou, mas eu não pude apresentá-lo, pois estava em Salvador. Falei com ele que ficasse em casa e hoje pela manhã viemos até a delegacia”, afirmou.

Divulgação

Segundo o advogado Flavio Tavares, o motorista do caminhão ficou bastante abalado com o que aconteceu. O advogado explicou que o próximo passo é a realização da perícia para saber a velocidade que caminhão trafegava e onde os ciclistas estavam. “A vítima era uma pessoa querida e meu cliente está a disposição da justiça para responder pelo ato”, destacou.

A delegada Larissa Lage afirmou que ainda tem muita investigação a ser feita e que o laudo pericial vai dizer o que realmente aconteceu e se o motorista tem ou não culpa. De acordo com ela, José Ferreira dos Reis afirmou em depoimento que viu os ciclistas na Avenida Nóide Cerqueira, mas que não viu a vítima e que não teve culpa no acidente.

“Ele contou que faz o mesmo trajeto todos os dias e que nunca se envolveu em um acidente tão terrível antes, que a intenção dele não foi essa. Disse também que não estava em alta velocidade e que não parou para prestar socorro, por medo, já que muitas pessoas estavam no local e ele relata ter ouvido palavras ofensivas”, disse a delegada.

Larissa Lage afirmou ainda que José Ferreira dos Reis se apresentou espontaneamente, mas que a polícia, através das investigações, já havia identificado o motorista do caminhão.

Após morte de triatleta, ciclistas protestam pedindo mais segurança

Um grupo de ciclistas de Feira de Santana, se concentrou, na tarde de terça-feira (16), em frente à prefeitura da cidade para cobrar mais segurança para a prática do esporte na cidade. O motivo da manifestação foi a morte de um dos integrantes do grupo, atropelado por um caminhão na manhã de ontem, na Avenida Nóide Cerqueira. Após o acidente, o condutor fugiu sem prestar socorro.

Valnei participaria de uma prova em Salvador no próximo domingo

O caso aconteceu no início da manhã, quando um grupo de ciclistas pedalava na avenida. Ao passar por um retorno, um deles, o empresário Valnei Passos Almeida, de 54 anos, foi atropelado pelo caminhão que fazia a curva.

Valnei morreu na hora e a bicicleta dele foi arrastada por vários metros. Valnei era triatleta, com vários prêmios, e iria participar de um campeonato no próximo domingo, em Salvador.

O velório e sepultamento de Valnei foram realizados no inicio da noite do mesmo dia do acidente, no Cemitério Jardim Celestial, no Bairro Sim, em Feira de Santana.

Para protestar contra o acidente, e cobrar mais segurança no trânsito, o grupo de ciclistas foi para a frente da prefeitura cobrar do prefeito José Ronaldo mais segurança no trânsito para quem anda de bicicleta na cidade. Os manifestantes querem que o município ofereça mais segurança para os ciclistas praticarem o esporte.

Informações: Acorda Cidade (primeira reportagem) e G1/BA

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.