bahia

sexta-feira, 06 de outubro de 2017 18:29

Coité – Um ano sem Márcio. Familiares continuam cobrando justiça e recompensa para quer der pista concreta do assassino

Familiares garante que a morte de Márcio está sendo lembrada todos os dias e vão continuar lutando até que a justiça seja feita.

Curiosos em frente ao local do crime | Foto: Raimundo Mascarenhas

O dia 6 de outubro jamais será esquecido pelos familiares e amigos do jovem empresário do ramo de material de construção, Edmílson da Silva Santos Filho, conhecido por Márcio. Ele foi executado a tiros por volta das 23h de uma quinta-feira, quando colocava as malas de sua filha para leva-la até a frente do Centro Cultural, onde um grupo da escola a esperava para uma viagem em excursão. 

Já aconteceu manifestações com pedido de justiça

Márcio foi morto no centro da cidade de Coité, pois, residia no primeiro andar de sua loja que funcionava ao lado da Rádio Sisal. Sua morte foi muito questionada pela comunidade coiteense, já que era uma pessoa que jamais se envolveu em coisas ilícitas e gozava de muita amizade em Coité e cidades vizinhas, pela função que exercia. Por que mataram Márcio? Quem atirou em Márcio? Perguntas que se faz desde o dia que foi assassinado, porém sem respostas.

Márcio tinha como hobby pedalar bicicleta

Diante dessa situação, a família está unida e continua a cobrar das autoridades investigações rigorosas para dar uma resposta. Um áudio circulou nesta sexta-feira, em grupos de WhatsApp da participação de uma irmã de Márcio na Rádio Sisal, que ligou para o Programa de Admilson Nascimento para pedir por parte da Policia mais empenho nas investigações.

Lilliane disse na rádio que a Polícia acha que o crime é familiar e que na opinião da população, 99% acredita que teve participação de familiar.” Porque só a família podia saber da saída dele naquele momento”, afirmou.

Ainda durante a participação de na rádio, ela disse que um grupo da família está disposto a pagar R$ 10 mil para quem der informação concreta do autor do crime, inclusive deixou o número de um telefone 74 99996 4055 (Liliana).

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.