araci

quarta-feira, 25 de outubro de 2017 09:47

Comitiva de Araci e deputados representantes do Município vão ao TCU em Brasília para discutir situação do “Araci Norte”

De acordo com Silva Neto, ouviu de Eduardo Nery chefe de gabinete do ministro Vital Rêgo, que o tema Araci Norte é prioridade no TCU.

A conclusão da terceira etapa do projeto “Araci Norte” que visa levar água para dezenas de comunidades rurais de Araci e Santaluz tem sido a principal bandeira de luta dessa segunda gestão do prefeito de Araci Silva Neto (PDT) e sem dúvida de toda as demais lideranças politicas e comunitárias. Depois de várias discussões nas cidades que serão beneficiadas e seus respectivos povoados e distritos, na última reunião em Várzea da Pedra que faz limite no centro do distrito dos municípios de Santaluz e Araci, ficou definido que uma comissão iria ao Tribunal de Contas da União – TCU, tido como principal órgão responsável pela suspensão dos serviços sob alegação de que identificou o projeto executivo deficiente, por não ter incluído plano de fluoretação da água, além do sobrepreço de R$ 2,3 milhões e superfaturamento da ordem de R$ 1,1 milhão no contrato de R$ 40 milhões.

Na última terça-feira, 24, estiveram no TCU o prefeito Silva Neto,  os vereadores Jefinho, Zé Augusto, Guri, Jera, Jamile, Edneide, Léo de Eridan, Marquinhos e Roberto do Sem Freio, além da presidente da Associação de Várzea da Pedra, Marli, do deputado estadual Alex da Piatã e o deputado federal Félix Jr, onde se reuniram com Eduardo Nery, chefe de gabinete do ministro Vital do Rêgo.

De acordo com Silva Neto, ouviu de Eduardo Nery que o tema Araci Norte é prioridade do referido gabinete do TCU. “As notícias ouvidas hoje nos deixam mais otimistas, mas em momento algum nos “aquietarão”. Continuaremos lutando até que a água chegue a quem mais precisa em nossa zona rural”, escreveu Silva Neto em sua página de Facebook.

Desde o fim do ano passado o deputado Alex da Piatã tem visitado o local das obras. Em março deste ano, inclusive, pediu, em discurso, ao governador Rui Costa (PT) apoio para a retomada do projeto. Em Brasilia ele disse que o chefe de gabinete, Eduardo Nery quem recebeu a comitiva, já que o ministro Vital está de licença médica. “Ele nos garantiu que até esta sexta, dia 27, nos dará o prazo para o julgamento do caso. Ou a empresa responsável continua com a obra ou o governo abre uma nova licitação. Vamos aguardar. Espero que se resolva o mais breve, pois são quase 40 mil pessoas que esperam há muito tempo por essa obra concluída e logo a água potável em suas torneiras”, disse Alex.

Redação CN

 

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.