bahia

sexta-feira, 27 de outubro de 2017 10:16

Imagens mostram marcas de tiros em carro de cantor gospel morto na Bahia; suspeita é de execução

orpo do artista, que também era pastor, foi sepultado sob forte comoção dos moradores da cidade de Ibirapitanga, sul da Bahia.

Carro de pastor apresenta marcas de tiros após crime, que ocorreu no entroncamento de Ibirapitanga

Melquiades Santos Netto, conhecido como Netto Paz, ex-vocalista da Banda Shalom, morto na noite de quarta-feira (25) ,pode ter sido vítima de execução. Essa é a suspeita da Polícia Civil de Ibirapitanga, no sul da Bahia, onde ocorreu o crime.

Imagens mostram as marcas de tiros no carro em que estava o cantor gospel.
“O que caracteriza mais esse crime foi a rapidez que os indivíduos pararam o veículo ao lado do veículo da vítima e imediatamente dispararam contra ele. A motivação ainda está a esclarecer, mas tudo indica que se trata de uma execução contra o pastor Netto”, afirmou o delegado Lane Andrade.

O corpo do artista, que também era pastor, foi sepultado sob forte comoção dos moradores de Ibirapitanga, onde ele vivia, na tarde de quinta-feira.
A filha de 12 anos do pastor também foi baleada no ataque. Ela está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, mas passa bem.

O irmão de Netto, Nei Barroso, espera que o crime seja solucionado. “Só não dizimou a família do meu irmão porque Deus teve misericórdia. Minha sobrinha foi atingida por um tiro, minha cunhada quase recebia um (tiro). Quer dizer, não pode ficar dessa forma, alguém tem que responder por isso”, afirmou.

O velório do corpo do pastor ocorreu na igreja quadrangular, onde ele atuava, e foi acompanhado por centenas de pessoas, que se comoveram com a morte. Os moradores vestiram branco e seguraram cartazes pedindo justiça.

G1bahia



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.