concursos-e-emprego

terça-feira, 26 de dezembro de 2017 11:33

Esperado desde 2015, concurso da Receita Federal gera ansiedade entre candidatos

No momento, o órgão sofre com uma alta defasagem de pessoal e acredita-se que esta vacância influencie na agilidade da liberação do aval.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, renovou as esperanças dos candidatos que aguardam desde 2015 pelo concurso da Receita Federal. Recentemente, ele anunciou que reservaria orçamento para a contratação de pessoal em 2018.

Em maio, o Ministério da Fazenda encaminhou ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o pedido para que fossem liberadas à Receita Federal 2.083 oportunidades para Auditor-fiscal e Analista-tributário.

No momento, o órgão sofre com uma alta defasagem de pessoal e acredita-se que esta vacância influencie na agilidade da liberação do aval. A cada novo levantamento, cresce o número de postos vagos na RFB, e a tendência é que o quadro de pessoal fique cada vez mais escasso caso não ocorra uma nova seleção (o último concurso para analista foi realizado em 2012, e para auditor, em 2014).

Em abril deste ano, a Receita Federal contava com 20.321 postos em aberto, mas os dados recentes apontam que há um déficit de 20.639 servidores, sendo 10.789 de auditores e 9.850 de analistas. A situação pode ficar ainda mais crítica, pois cerca de 20% do pessoal está prestes a se aposentar. O Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita) anunciou que a Receita Federal conta apenas com 40% dos Analistas-Tributários que necessita atualmente; para o cargo de Auditor-Fiscal, o déficit é de mais de 2 mil servidores.

Do total de ofertas requeridas, 630 são para auditor e 1.453 para analista. Para ingressar tanto no cargo de auditor quanto no de analista, é necessário possuir o ensino superior completo, podendo ser em qualquer área de formação. Já as remunerações oferecidas no início da carreira são de R$ 9.714,42 para analista e de R$ 16.201,64 para auditor. Os valores já incluem o auxílio-alimentação, que é de R$ 458.

A concorrência para os concursos da RF costuma ser grande. No último concurso para auditor, por exemplo, foram 68.550 candidatos inscritos para 278 vagas – 247 candidatos por vaga – enquanto para analista, havia 93.692 candidatos para 750 vagas – 125 por vaga.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

  • + LIDAS