politica

domingo, 14 de janeiro de 2018 20:47

Angelo Coronel diz que candidatura ao Senado ainda é “uma possibilidade, não uma certeza”

Declaração foi feita neste domingo, após lavagem do adro da Igreja Matriz de Pojuca

Depois de participar da Lavagem do Bonfim, Coronel também participou de outra tradicional na cidade de Pojuca

“A candidatura ao Senado é uma possibilidade, não uma certeza. O meu nome poderá constar, ou não, na chapa majoritária do governador Rui Costa. Fazendo uma correlação com o futebol, sou jogador do meu partido, o PSD, sob o comando do senador Otto Alencar. Estou em forma e pronto para entrar em campo, mas a decisão é de quem escala o time. Mesmo se não jogar, ficarei no banco, trabalhando pela reeleição do governador Rui Costa”, disse o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, Angelo Coronel, após cumprir hoje (14.01) mais uma agenda como Chefe do Legislativo, participando da tradicional festa do Senhor Bom Jesus da Passagem, celebrada desde 1904 pelos tropeiros, em Pojuca, no Recôncavo baiano.

Angelo Coronel, ao lado de seu filho Diego Coronel, acompanhou o cortejo formado por baianas, integrantes dos Filhos de Gandhy, Filarmônica São José, Boi Janeiro e pojucanos pelas ruas da cidade até o adro da Matriz de Senhor Bom Jesus da Passagem. Uma grande multidão prestigiou a festa, que não acontecia desde 2013. “Retomamos o diálogo com a Igreja, através do Padre Cláudio, e resgatamos a tradição da Lavagem do adro da Matriz. Apesar do caráter profano da Lavagem, não podemos nos esquecer nunca do espírito religioso que a inspirou”, declarou o prefeito de Pojuca, Duda Leite.

Antes da lavagem do adro ser realizada pelas baianas e por uma caminhão-pipa que molhava os participantes, o pároco de Pojuca, Padre Cláudio, disse que a tolerância deve ser exercida por todos. “O Sol é para todos: católicos, evangélicos, espíritas e candomblezeiros. Que bom que resgatamos a nossa tradição cultural, mas também resgatamos a fé com o tema ‘O amor de Jesus por mim o levou à cruz. A minha loucura de amor por Jesus me levará á salvação’”, evocou o Padre Cláudio na sua homilia.

“A tolerância é fundamental no mundo em que vivemos. Nós podemos ser Bahia ou Vitória, esquerda ou direita, cristão ou espírita: o importante é que todos somos filhos do mesmo Deus. Que bom que a tolerância imperou e que a atual gestão do prefeito Duda, em consonância com a Igreja, trouxe de volta esta festa tão bonita do Senhor Bom Jesus da Passagem. Que ele abençoe a todos”, disse Angelo Coronel.

Fonte: ASCOM /Gabinete da Presidência



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.