bahia

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018 18:20

Após longa espera por regulação do Estado, mulher morre em Quijingue

Leidivane morreu no Hospital Municipal de Quijingue, por insuficiência cardíaca congestiva que evoluiu com edema agudo de pulmão e parada cardiorrespiratória.

Foto: Redes Sociais

Mais uma família baiana enlutada por causa da falta de suporte na saúde pública do estado. É o caso de Leidivane Pereira da Costa, de 42 anos, que faleceu na quinta-feira,18,e foi sepultada no meio da tarde desta sexta-feira. 19, no cemitério de Quijingue, município do Território do Sisal.

Segundo informações de pessoas amigas, Leidivane morreu no Hospital Municipal de Quijingue, por insuficiência cardíaca congestiva que evoluiu com edema agudo de pulmão e parada cardiorrespiratória.

Ela estava internada a cerca de 10 dias.”Os funcionários da Secretaria Municipal de Saúde, se esforçaram bastante para manter a integridade física de Leidivane, solicitando, implorando por uma vaga de UTI, mediante a Central de Regulação do Estado da Bahia, mas a intervenção necessária não ocorreu em tempo hábil”, afirmou um amigo, e prosseguiu:

“O governo baiano tem deixado toda sua população na mão, e se isso continuar acontecendo qualquer um de nós poderá acabar perdendo um ente querido que ainda brigue para sobreviver. Quem não tem dinheiro e depende da saúde pública, tenha certeza que vai ser maltratado e colocado no sorteio da (loteria de luta pela vida) do governo do estado. Agora neste momento são mais de 10 mil baianos que necessitam com urgência de um UTI para serem transferidos. Em 2014 o então candidato, e hoje governador do Estado Rui Costa na época prometeu melhorar a saúde no interior. Promessa ainda não cumprida como podemos ver.

Enquanto isso, ficamos marginalizados por esse sistema perverso e maligno em meio de uma grande podridão que insistem em ceifar vidas”, protestou o amigo que preferiu não se identificar.

Leidivane era solteira e morava e cuidava da mãe idosa. Ela deixa um filho.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.