conceicao-do-coite

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018 17:58

Coité – Diretora do Colégio Antônio Bahia explica situação da fila noturna de pais para garantir vaga dos filhos

Diretora disse que ao sair no fim da tarde viu as pessoas começando a formar filas e alertou que não havia necessidade.

Segundo informações, a fila começou se formar às 15h.

Um assunto tomou conta das redes sociais em Conceição do Coité nas últimas 24 horas, após circular fotos e vídeos de dezenas de pessoas em fila na frente do Colégio Antônio Bahia que fica no Centro da cidade, e quando questionadas o motivo daquele aglomerado, as pessoas respondiam que era para garantir a matricula dos filhos naquela unidade.

Mônica disse que está há dez anos como diretora do Colégio que é sempre procurado por vagas, mas esta foi a primeira vez que fizeram fila noturna

O caso logo ganhou repercussão e muita gente protestava tal situação, pois, no meio da tarde já tinha pessoas ocupando vagas em frente a escola que só seria aberta às 08h do dia seguinte, ou seja, desta quarta-feira, 17.

O Calila Noticias publicou uma reportagem mostrando as pessoas que estavam dispostas a permanecer até a entrega das senhas, e pela manhã foi até aquela unidade entrevistar a diretora Mônica Ramos.

Segundo ela ao deixar a escola no fim da tarde, as pessoas já estavam formando a fila e disse que não havia necessidade de pernoitar em frente a escola, que tinha uma certa quantidade de vaga e atendendo o regulamento das séries/ano, iria matricular todos os alunos, dentro da quantidade de vagas estabelecida.

“Durante a noite começou a chegar informação de que já havia muita gente na fila.Na verdade os pais vieram para fila porque o desejo deles era matricular os filhos aqui.Tem vaga no Iêda Barradas de manhã e de tarde, tem vaga do nono ano no Polivalente também. Para o nono eu não pude matricular ninguém porque os alunos da casa supriram as vagas, e as pessoas que pernoitaram em frente a escola foram àquelas que queriam matricular para o oitavo ano e que estão vindo da rede municipal e que tinham preferência para que os filhos estudassem aqui conosco”, explicou a diretora.

Mônica disse que por lei nenhum aluno pode ficar fora da escola e caso suprisse todas as vagas do Polivalente e Iêda, o estado teria que criar alternativas formando novas turmas. Quanto as pessoas que enfrentaram a fila, receberam as senhas e os alunos que se encaixaram nas séries/ano disponíveis e dentro da quantidade de vaga ofertada foram atendidos.

Mônica imagina que a preferência pela escola se dá talvez por sua localização, centro da cidade vizinho ao Centro Cultural onde tem ponto de ônibus, muitos comentam o regime usado pela diretoria que não abre portão fora do horário, não existe aulas vagas, tem comunicação com os pais constantemente, entre outras ações. “Estamos há dez anos gerindo a escola e sempre tem grande procura por matricula, mas foi a primeira vez que se formou fila em busca de vaga”, garante a diretora.

Núcleo Territorial de Educação – NTE 04  – Serrinha/BA encaminhou nota de esclarecimento

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia informa que os pais e responsáveis não precisam pegar fila para matricular seus filhos. A Secretaria assegura a vaga para todos os estudantes que desejarem se matricular na rede pública estadual.

A Secretaria esclarece que os pais ou responsáveis poderão fazer as matrículas em qualquer unidade escolar da rede estadual, independente de ser o colégio que o aluno irá estudar.

Mais informações em: http://escolas.educacao.ba.gov.br/matricula



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.