bahia

segunda-feira, 08 de janeiro de 2018 16:40

Teofilândia – “Centro Missionário de Promoção passa por dificuldade e necessita do apoio de todos”, apela Coordenação

Segundo o Diácono João Miguel, um dos coordenadores do Centro Missionário, atualmente as estruturas físicas têm a capacidade de atender 50 crianças, mas está necessitando de reforma e manutenção.

Crianças e adolescentes do Centro Missionário.

O centro missionário de Teofilândia, entidade criada em 1994 pelo então vigário da Paróquia Santo Antônio, padre Xavier Pedraza e administrado pela Associação Missionária Evangelii Nuntiandi, que quer dizer “Anuncio do Evangelho”, que atende crianças e jovens na faixa etária de 08 a 15 anos, vem passando por um momento difícil para se manter. A entidade funciona em um prédio de dois andares localizado na Rua do Estádio e atualmente atende 47 crianças em regime de internato de segunda a sexta-feira que estudam em escolas da rede pública e outros turnos permanecem no Centro onde recebem reforço escolar, computação, esporte, cultivo de hortaliças e outras atividades extraclasses.

Segundo o Diácono João Miguel, um dos coordenadores do Centro Missionário, atualmente as estruturas físicas têm a capacidade de atender 50 crianças, mas está necessitando de reformas e manutenção. Ele disse que a entidade é mantida pelas doações espontâneas através de um carnê ou aquelas deixadas na Secretária da Paróquia. “O comércio tem nos ajudado, mas, mesmo assim necessitamos, precisamos de mais ajuda para manter esse trabalho tão importante e que vem ajudando na melhoria de vida de muitas pessoas”, externou João Miguel.

Diácono João Miguel

João Miguel disse que é visível o comportamento das crianças que vivem no Centro e lembrou que a Pastoral Familiar e os pastorais têm contribuído com esse trabalho, mas é necessária a contribuição dos órgãos governamentais e “por essa razão convidamos o deputado Alex da Piatâ para uma reunião e pedimos para que intermediasse essa conversa com o governo”, informou o religioso.

Desde que assumiu a paróquia no dia 10 de dezembro do ano passado, o padre Enivaldo Barbosa reservou os dias de quintas-feiras para fazer visitas às famílias das crianças atendidas pelo Centro e nas primeiras visitadas já percebeu a necessidade de proporcionar melhores condições de vida e de saúde, pois são famílias em vulnerabilidades. O padre disse ao CN que já conhecia o Centro mesmo antes de assumir a Paróquia, mas passou a conhecer nos detalhes durante o mês de dezembro e a obediência por parte das crianças das regras e disciplinas da “casa”, lhe chamou atenção, além do comportamento diferenciado em relação a outras crianças da mesma idade e que vive nas mesmas comunidades.

Padre Enivaldo recebeu a visita do deputado Alex da Piatã a quem pediu apoio

O deputado Alex da Piatã ouviu atentamente todo relato e garantiu fazer essa intermediação. A entidade está devidamente registrada e já é utilidade publica, tanto a nível municipal, quanto estadual e o parlamentar recebeu as reivindicações para intermediar junto a Secretaria da Fazenda a inserção da entidade ao programa do governo do estado “sua nota é um show” e uma conversa com a COELBA para vê a possibilidade das pessoas que queiram ajudar o Centro autorize o valor da contribuição ser incluída na conta de energia.

O parlamentar se colocou à disposição e disse que, mesmo no recesso, irá cuidar destas demandas neste mês e chamou atenção para que a sociedade, como já tem feito, continue participando desta campanha permanente de manutenção do Centro Missionário que tem 28 anos de história e “neste período muitas vidas foram resgatadas”, falou o Social Democrata.

Redação CN

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.