politica

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018 16:54

Votação da Previdência em fevereiro é muito difícil, diz Ramalho

O governo não tem votos para aprovar reforma

Ramalho defende votação da reforma da Previdência em 2019

O presidente da Câmara em exercício, o deputado Fábio Ramalho (MDB-MG) disse nesta quarta-feira, 17, que o governo não tem os votos para aprovar a reforma da Previdência e que será muito difícil votar a proposta até fevereiro deste ano.

Em uma entrevista depois de cerimônia no Palácio do Planalto, Ramalho, que é emedebista mas tem um histórico de atritos com o Planalto, disse que o governo está fazendo suas avaliações, mas acredita que o Planalto chegará à mesma conclusão, de que não há votos suficientes.

— Fevereiro não é a última chance de votar (a Previdência), mas vejo muita dificuldade. Eu penso que o governo não vai conseguir os votos. O governo está fazendo suas avaliações, mas creio que deve chegar no que pensamos.

Ramalho defende ainda uma discussão da Previdência durante todo este ano para ser votada em 2019.

R7



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.