esporte

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 01:17

Apagão ‘vence’ Jacuipense e Vitória em jogo válido pelo Baianão na Arena Valfredão

Apagão na Arena Alfredão acontece pela terceira vez em jogo noturno. A primeira em 2015 pela Copa do Brasil (Jacuipense x Náutico) em 2016 (Jacuipense x Bahia) e agora Jacuipense x Vitória (ambas pelo Baianão).

A rede de energia que abastece a cidade não foi afetada e nem as cabines de rádio, apenas dos refletores que ilumina com auxilio do gerador

O Estádio Eliel Martins, também conhecido como Arena Valfredão pagou novo vexame em disputa de competição importante.

Na noite desta quarta-feira, 22, o Jacuipense enfrentava o Vitória pelo Campeonato Baiano da primeira divisão quando aos 14 minutos do segundo tempo as quatro torres de iluminação apagaram depois que o gerador apresentou defeito. O Vitória vencia por 1 a 0 gol marcado por Pedro Botelho aos 40 minutos do primeiro tempo.

Fábio levou dois geradores, mas ambos apresentaram problema

Um técnico de gerador informou que em 20 minutos a iluminação estaria se restabelecendo, pois, iria fazer a troca de cabos para o gerador reserva, enquanto isso os jogadores se mantiveram no aquecimento em campo. Dentro do prazo estabelecido os refletores começaram acender, os times se preparavam e quando o goleiro do Vitória cobrou o tiro de meta o apagão se repetiu. Era mais um problema no gerador, aquela altura o defeito foi no reserva.

Em dois momentos os refletores acenderam ,mas ficaram poucos minutos

Com base na informação do responsável conhecido por Fabinho de que havia um gerador com pouco tempo de uso e que precisaria de um tempo para resfriar os refletores, para que os mesmo voltasse a acender, a arbitragem resolveu esperar mais 30 minutos e antes disso, quando já tinha mais de 50 minutos sem iluminação no estádio os refletores estavam sendo todos acesos, o delegado da Federação Bahiana de Futebol (FBF) dava entrevista e afirmava que as duas equipes estavam dispostas a concluir a partida e no momento que preparava para o reinicio o apagão ocorreu mais uma vez.

Arbitragem esperou até mais que o tempo estabelecido

Diante do fato, em contato com o presidente da FBF Ednaldo Rodrigues determinou que a arbitragem e as duas equipes fossem para os vestiários, por entender que não haveria mais como esperar algo incerto.

A TV Bahia que transmitia o jogo ao vivo informou que a partida deverá ser concluído nesta quinta-feira, 23, no mesmo estádio e durante a tarde. As duas equipes vão se confrontar nos 31 minutos que restaram e mais os acréscimos.

O presidente da Jacuipense Felipe Salles se mostrou muito decepcionado com mais uma ocorrência, pois, aconteceu apagão em 02 de fevereiro de 2016 faltando mais de meia hora para o inicio do jogo entre Jacuipense e Bahia,  que seria transmitido pela TV Bahia e (Sport TV). Naquela ocasião não tinha gerador reserva e foi solicitado de Feira de Santana distante 80 km. Segundo informações a responsabilidade pelos geradores é da Prefeitura Municipal.

A Arena Valfredão teve o primeiro vexame por apagão em 2015. O Jacuipense que tinha eliminado o Paraná Clube pela Copa do Brasil recebeu o Náutico no dia 1º de maio, mas acabou perdendo por 2 a 0 e foi eliminado.

Portanto, o jogo contra o Vitória que não terminou pode ser considerado o problema sério, podendo inclusive fazer com que a Federação Bahiana não permita mais jogos no Valfredão que já prejudicou o time da casa e os adversários por motivo de apagão e gramado irregular.

Redação CN

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.