brasil

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 11:03

Fenômeno visto no céu da Bahia ocorre pelo menos 10 vezes no Brasil

Para especialistas, clarão é consequência de corpo celeste que atravessou atmosfera

Reprodução/Twitter)

O clarão visto no céu da Bahia na noite da última terça-feira (20) é consequência de um meteóro que atravessou a atmosfera terrestre. De acordo com o site Uol, para o membro da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e especialista em meteoros, Marcelo De Cicco, o fênomeno é chamado de bólido e acontece aproximadamente 10 vezes por ano no país.

Bólido é um fragmento de matéria sólida que, ao entrar na atmosfera terrestre, emana um brilho intenso. “O bólido visto na Bahia é chamado de muito intenso, mas pode ser que seja um super bólido, quando o clarão é mais brilhante do que a Lua. Pelo brilho, ele deve medir de dois a quatro metros e, segundo análises preliminares, a maior parte dele caiu no mar” afirma Cicco ao Destak.

Um fragmento de aproximadamente 30 centímetros foi encontrado e está em análise. Apesar de ser um fenômeno considerado comum, é muito difícil que ocorra bólidos em áreas populosas.

Segundo a professora do Departamento de Astronomia da Universidade de São Paulo (USP), Elisabete Maria de Gouveia Dal Pino, os meteoros podem ter diferentes tamanhos, desde simples poeira ate quilômetros de diâmetro.

Cicco, que desenvolve pesquisas no Observatório Nacional e já participou de um programa da NASA, faz parte de um grupo que colhe relatos de fenômenos do tipo. Segundo ele, o site já recebeu cerca de 30 relatos sobre o bólido da Bahia.

Correio



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.