bahia

terça-feira, 06 de fevereiro de 2018 15:20

Vândalos destroem nove contêineres climatizados que serão usados no Carnaval

Para reparar todos os danos em tempo hábil, garantindo a utilização dos equipamentos durante o período carnavalesco, foi contabilizado um prejuízo de, pelo menos, R$ 50 mil ao erário municipal.

Vandalismo Banheiro Químico | Foto Jeferson Peixoto/Secom PMS

A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), responsável pela instalação de sanitários químicos e contêineres climatizados para uso dos foliões durante o Carnaval, contabilizou nove equipamentos climatizados vandalizados nos últimos dias. Cinco contêineres danificados estão situados na Barra, próximo ao Hospital Espanhol, dois na Garibaldi e dois no viaduto Mãe Menininha do Gantois, que liga o Campo Grande ao Vale do Canela.
As principais avarias identificadas nos equipamentos pela Limpurb foram: 12 lâmpadas e luminárias furtadas, seis vasos sanitários, três ar-condicionados modelo split e seis torneiras também furtadas, além de toda parte elétrica – fiação, caixas de disjuntores, três painéis termo acústicos e forro de PVC quebrados. Para reparar todos os danos em tempo hábil, garantindo a utilização dos equipamentos durante o período carnavalesco, foi contabilizado um prejuízo de, pelo menos, R$ 50 mil ao erário municipal.

Vandalismo Banheiro Químico | Foto Jeferson Peixoto/Secom PMS

A instalação dos contêineres climatizados teve início há um mês diante da complexidade com o procedimento – maior do que, por exemplo, a instalação de banheiros químicos. O presidente da Limpurb, Kaio Moraes, explica que a antecedência na instalação dos contêineres se faz necessária porque é preciso estruturar os pontos de água, luz e esgoto para que os cidadãos possam usar as estruturas sem transtornos durante a folia.
“Uma festa como o Carnaval de Salvador não se faz da noite para o dia. Trabalhamos com planejamento e essa antecedência para dispor os contêineres é necessária para que eles estejam aptos para o uso durante a folia. Nós estamos oferecendo um equipamento com mais conforto para os foliões e fomos surpreendidos com estes atos perversos de vandalismo. Quem faz isso não percebe que está prejudicando a si próprio, afinal é dinheiro público jogado fora que poderia ser investido em outras áreas”, frisou.
O esquema do órgão para o Carnaval conta com a instalação de 3 mil sanitários químicos e 72 contêineres climatizados em diversos pontos estratégicos do circuito carnavalesco. Para evitar que novas ações de vandalismo aconteçam, a Limpurb contratou seguranças para o período noturno, quando há uma menor circulação de pessoas nas vias públicas nos dias que antecedem o Carnaval. Os seguranças estarão em atividade até o início da festa, na próxima quarta-feira (7).
SECOM – Secretaria de Comunicação


COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.