esporte

quarta-feira, 18 de julho de 2018 23:23

Com gol de André Lima Vitória vence o Parana´Clube e se distancia do Z4

O futebol apresentado pelas duas equipes não foi dos melhores, mas os três pontos foram essenciais para o time baiano se afastar do Z-4.

André Lima marcou o único gol da partida (Foto: Maurícia da Mata/EC Vitória/Divulgação)

O Vitória voltou a campo na noite desta quarta-feira, 18, depois de 35 dias devido a paralisação do Brasileirão para a Copa do Mundo, e no seu estádio Barradão recebeu o Paraná Clube e conseguiu o triunfo por 1 a 0, gol marcado por André Lima aos 34 minutos do primeiro tempo, aproveitando um rebote depois que a bola bateu na trave no chute de Jefferson.

A vantagem fez o Vitória adotar uma postura diferente no segundo tempo. Se antes tentava controlar o ritmo da partida, o Rubro-Negro passou a atuar mais recuado. Com muitos erros, o Paraná não conseguia avançar com qualidade e ficava preso na marcação baiana. Mas, na base da insistência, criou oportunidades.

Silvinho quase marcou de cabeça, mas Aderllan salvou em cima da linha. Rafael Alemão recebeu cruzamento de frente para o gol, mas concluiu para fora. Apesar da pressão, o Tricolor não balançou as redes.

Com o triunfo, o Vitória chegou aos 15 pontos, três a mais que o Bahia, primeiro time do Z-4, mas que joga nesta quinta, contra a Chapecoense. O Paraná segue na 18ª posição, com 10 pontos, e pode ser ultrapassado pelo Atlético-PR, que encara o Internacional no complemento da rodada.

Paraná e Vitória voltam a atuar no próximo domingo, às 16h (de Brasília). O Tricolor recebe o América-MG no Durival de Britto, em Curitiba. Já o Rubro-Negro tem pela frente um Ba-Vi, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Globo Esporte

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.