bahia

quinta-feira, 26 de julho de 2018 18:18

Núcleo de Proteção da Mulher é inaugurado em sala da Delegacia de Polícia de Coité

O serviço é o primeiro implantado na região sisaleira e visa diminuir a violência contra a mulher.

Advogada Byanca Lima (E) e delegada Ludmila Araújo | Foto: Raimundo Mascarenhas

Uma solenidade na tarde desta quinta-feira, 26, na Delegacia de Policia de Conceição do Coité que contou com a presença do prefeito Francisco de Assis, a vice Genivalda Pinto da Silva (Val de Alex), a delegada Ludmila Araújo Andrade, secretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer Perpétua Sampaio, de Comunicação Sara Ramos, tenente Laerte Lopes comandante da 4ª Companhia PM, advogadas que atuam na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, marcou a inauguração do Núcleo de Proteção da Mulher, que irá funcionar numa sala anexa da Delegacia.

Delegada Ludmila Araújo

A delegada Ludmila Araújo disse que foi uma grande conquista, principalmente quando levar em consideração que foi o primeiro núcleo autorizado pelo delegado geral. Ela disse ao Calila Noticias que terá atendimento paralelo ao expediente da delegacia e o caso que chegar envolvendo mulher será atendido de imediato e já será feita a ocorrência, a declaração e em seguida o pedido de protetiva de urgência para o agressor não se aproximar dela.

Ato de descerramento de placa | Foto: Raimundo Mascarenhas

De acordo com a advogada Bárbara Byanca Lima Andrade coordenadora do Centro de Referência da Mulher, órgão vinculado a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, a implantação do núcleo surgiu da necessidade de reduzir a quantidade de mulheres agredidas, “porque aqui na delegacia a maioria das queixas são voltadas para assuntos relacionados a Lei Maria da Penha. Então as mulheres eram atendidas por um homem e na sala comum onde todas as queixas são registradas, e a lei Maria da Penha sofreu alteração para dizer que preferencialmente às mulheres devem ser atendidas por mulher, então, para que isso acontecesse seria preciso um espaço especifico e a delegada gentilmente cedeu a sala e nós enquanto governo providenciamos para que fosse instalado”, disse a advogada Byanca Lima.

O local será de atendimento exclusivo a mulher

A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social e vice-prefeita Val de Alex enalteceu a força feminina com a implantação do núcleo, que ela acredita que irá inibir a violência masculina.Segundo ela, o fato de contar com uma delegada sensível a causa, três advogadas que atuam diretamente no Centro de Referência da Mulher “e isto  fortalece as mulheres e elas se sentem protegidas.Então eu quero dizer as mulheres que tenham coragem de denunciar  e quando isto fizer tenha pulso, pois, é sabido que a maioria dos casos aqui na delegacia são envolvendo mulher e também são elas quem mais desistem de continuar a punição contra o agressor. Porque o respeito só vai estar conosco a partir do momento que a gente tomar uma decisão. Muitas depois de sofreram todo tipo de agressão moral e física procuram a delegacia e depois retornam para retirar a queixa e volta a ser agredida”, lembrou Val.

PUBLICIDADE

A secretaria disse ainda que o núcleo é uma extensão do centro de referencia da mulher onde tem advogadas e psicólogas que estão lá para ajudar na tomada das decisões. “Não queremos que as pessoas imaginem que queremos que as mulheres se separem dos seus companheiros, mas ela precisa mostrar que ela tem apoio e deve impor respeito”, concluiu.

O prefeito Assis preferiu deixar o ato ser coordenado pelas mulheres, pois, segundo ele era uma assunto peculiar a elas, porém, em breve discurso condenou a violência contra a mulher e disse que em seu governo elas têm espaço. Ele revelou que administra o primeiro escalão com 9 secretarias, a procuradoria, a ouvidoria e a controladoria no total de 12 cargos, sendo sete deles ocupados por mulheres. Tem cerca de 200 estagiários sendo a grande maioria mulheres, mais de 2.300 pessoas qualificadas no CQC e 81% do sexo feminino.

Antes, ele ressaltou a importância de ter uma mulher na Delegacia e outra no Promotoria, órgãos do estado.

Redação CN

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.