brasil

domingo, 26 de agosto de 2018 11:21

Cantor de funk preso por relação com o tráfico de drogas é candidato à Câmara pelo RJ

Tikão é acusado de ter ajudado na fuga do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, da Rocinha , em setembro do ano passado, quando as Forças de Segurança iniciaram uma operação para tentar conter a guerra pelo controle do tráfico na comunidade.

Foto: Reprodução / TSE

O cantor de funk Fabiano Baptista Ramos, conhecido como MC Tikão, preso em outubro de 2017 por suspeita de relação com o tráfico de drogas da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, registrou candidatura junto a Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e é candidato a deputado federal nas Eleições 2018 pelo partido Solidariedade. A candidatura do cantor ainda não foi deferida pelo TSE.

De acordo com O Globo, Tikão ficou um mês atrás das grades. Ele foi solto em novembro de 2017, após a Justiça ter negado a renovação de sua prisão temporária. Apesar disso, continuou sendo investigado pela Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) e foi indiciado por associação para o tráfico de drogas no início de junho deste ano. No fim do mês, Fabiano foi denunciado pelo mesmo crime pelo Ministério Público Estadual do Rio. A denúncia ainda não foi aceita pela Justiça.

Tikão é acusado de ter ajudado na fuga do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, da Rocinha , em setembro do ano passado, quando as Forças de Segurança iniciaram uma operação para tentar conter a guerra pelo controle do tráfico na comunidade.

Bahia Notícias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.