bahia

quarta-feira, 08 de agosto de 2018 15:36

Delegacia de Chorrochó recupera celulares roubados usando o rastreio e devolve aos donos

Furto e roubo de celulares talvez seja o maior motivo de queixas nas delegacias do Brasil, pois, é algo que praticamente todo mundo tem e de fácil comercialização. 

Foto: Divulgação

A Delegacia de Polícia da cidade de Chorrochó, vinculada a 18ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior – Coorpin de Paulo Afonso fez uma grande ação, depois de recuperar vários celulares, após investigação através do rastreamento dos aparelhos com base na Identificação Internacional de Equipamento Móvel – IMEI, fornecido a partir dos Boletins de Ocorrência registrados e chegou-se a localização dos objetos furtados/roubados com a entrega dos mesmos e indiciamento dos autores por receptação, ou seja, das pessoas que adquiriram o produto do furto/roubo.

De acordo com a delegada de Chorrochó Lucia Freira, a equipe de investigadores fez um trabalho muito minucioso, no entanto ao final ficaram satisfeitos em ver a satisfação com o trabalho da Polícia Civil que vítimas demonstraram ao receber seus objetos.

Com esta ação a PC inibir a ação dos autores de delitos, quais sejam, furtos/roubos de celulares e receptação.

Afinal, o que é IMEI?

De acordo com as definições da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o IMEI é um código numérico único e global que identifica celulares internacionalmente. Esse código é formado por quatro grupos de números (000000-00-000000-0) e equivale, por exemplo, ao número de chassis de um carro. Isso significa que não existem IMEIs iguais, eles são exclusivos para cada aparelho de celular.

O número de IMEI serve como uma espécie de código contra roubo ou de identificação de regularidade do aparelho.

Em caso de perda ou roubo do celular, ao informar o IMEI no Boletim de Ocorrência (BO) é possível solicitar junto a Operadora o bloqueio definitivo do aparelho. Diferente do bloqueio de chip, onde você apenas cancela o seu número, o bloqueio do aparelho faz com que ele perca suas principais funcionalidades: fazer e receber ligações, trocar SMS, acessar a internet e redes sociais, entre outras coisas. E consequentemente você impede que o seu celular seja comercializado no mercado ilegal.

Além disso, caso você compre um celular de segunda mão, é possível usar o IMEI para verificar a regularidade do aparelho. Como? Basta comparar o IMEI que vem na caixa do aparelho ou sob a bateria com o IMEI gerado quando você liga para o número *#06#. Se eles forem diferente, provavelmente o aparelho é roubado e foi adulterado.

Como descobrir o IMEI do seu celular?

Os especialistas do dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital, explicam que existem diversas formas de você descobrir o IMEI do seu celular. As mais simples são:

-buscar no Menu de Configurações do telefone;
-procurar na parte traseira do aparelho ou sob a bateria;
-fazer uma ligação para o número *#06#.
-conferir na nota fiscal de compra ou na caixa;

Em caso de perda ou roubo do celular, a Apple, por exemplo, permite que você veja o número do IMEI também pela internet.

1- Acesse a página de Apple ID e faça login com e-mail e senha que você usa para baixar apps na App Store.
2- Procure pela opção Dispositivo e selecione o iPhone que que deseja descobrir o IMEI. Uma lista com todas as informações do dispositivo irá aparecer.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.