politica

quarta-feira, 03 de outubro de 2018 10:54

Após pesquisas, Bolsonaro diz que ‘dá para levar no primeiro turno’

Fazendo campanha apenas pelas redes sociais, o candidato do PSL disse que queda do dólar mostra confiança em seu futuro ministro da Fazenda

Foto: Reprodução

O deputado federal Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência, fez um apelo aos eleitores por uma vitória no primeiro turno da eleição. A votação acontece no próximo domingo (7).

— Vamos caminhar um pouquinho mais, dá para a gente levar no primeiro turno.

O presidenciável fez uma transmissão ao vivo no Facebook na noite de terça-feira (2), após a divulgação da pesquisa Datafolha, em que aparece na liderança da disputa eleitoral, com 32% das intenções de votos.

Bolsonaro também disse que a alta da bolsa de valores e a queda do dólar registradas nesta terça são uma demonstração de confiança em seu futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes, caso ele seja eleito.

— Isso (reação do mercado) em grande parte vem da confiança que eles têm no nosso, no que depender de mim, futuro ministro da Fazenda e do Planejamento.

Ele também disse que o Ministério do Planejamento será um subministério.

— Se o mercado reage dessa maneira é porque acredita na pessoa, na vida pregressa, no conhecimento, na capacidade do Paulo Guedes.

O Ibovespa fechou em alta de quase 4% nesta terça. Na segunda (1º), pesquisa Ibope mostrou um aumento da vantagem de Bolsonaro na liderança da corrida presidencial, em sessão com forte volume financeiro na bolsa paulista.

Já o dólar registrou a maior queda percentual diária em três meses e meio e fechou em 3,93 reais.

Elogios

Publicidade

Na transmissão desta terça, Bolsonaro, que recebeu alta do hospital no sábado após ser esfaqueado em 6 de setembro, fez elogios a propostas de Guedes, que se envolveu recentemente em polêmicas, como a possibilidade recriar um tributo nos moldes da CPMF.

— O Paulo Guedes tem uma proposta ousada para o Imposto de Renda… ele quer que quem ganha até 5 mil reais seja isento do Imposto de Renda.

Bolsonaro aproveitou a transmissão para agradecer o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), grupo que reúne 261 deputados federais e senadores que defendem pautas de interesse do setor, e também de lideranças evangélicas.

Ao lado do filho Flávio, candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro, e do senador Magno Malta (PR-ES), o presidenciável do PSL listou uma série de propostas do PT, para criticá-las uma a uma.

Ele citou como metas petistas desmilitarização das polícias, revogação da Lei da Anistia, reforma agrária e regulação dos meios de comunicação, entre outras.

— A eleição está polarizada. Se houver segundo turno, não há dúvida de que será entre nós e Haddad. Vocês têm que ver o plano do PT, vamos discutir alguns itens que constam no plano de governo do PT.

Ele disse ainda que se não estivesse na eleição, a disputa seria entre PT e PSDB, considerados por ele “irmãos siameses”.

r7



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.