esporte

segunda-feira, 01 de outubro de 2018 20:51

Árbitro que prejudicou Vitória contra o Inter é punido pela CBF

Trio de arbitragem não apitará mais Série A este ano e passará por requalificação

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) puniu os trios de arbitragem envolvidos nos erros cometidos em pelo menos três jogos do Campeonato Brasileiro no fim de semana. Um dos times prejudicados foi o Vitória, que teve um pênalti marcado a favor do Internacional no lance que culminou no triunfo gaúcho por 2×1.

Segundo o chefe de arbitragem da entidade, Coronel Marinho, os árbitros serão “rebaixados” e apitarão apenas jogos da Série B, onde passarão por um “período de reavaliação”. O trio responsável pelo jogo entre Internacional e Vitória foi formado por Sávio Pereira Sampaio, Daniel Henrique da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira, todos do Distrito Federal.

Arbitro ainda expulsou Neilton por reclamação depois que encerrou o jogo

Além deles, serão punidos os árbitros paraenses Dewson Fernando Freitas da Silva, Hélcio Araújo Neves e Heronildo Freitas da Silva, que apitaram Palmeiras x Cruzeiro, e os potiguares Caio Max Augusto Vieira, Jean Márcio dos Santos e Vinícius Melo de Lima, responsáveis por Santos x Atlético-PR.

Os erros
Em todos os três casos, os árbitros erraram marcando pênaltis inexistentes. No jogo do Vitória, Camilo cobrou falta e Lucas Fernandes cortou a bola com a mão. O atacante estava dentro da área antes da cobrança, mas se adiantou e só tocou com a mão na bola quando estava fora da área. O lance ocorreu aos 36 minutos do segundo tempo e D’Alessandro cobrou e conseguiu a virada colorada.

O erro cometido no jogo entre Palmeiras e Cruzeiro foi parecido. Aos 29 minutos do primeiro tempo, o palmeirense Gustavo Gómez tocou a mão na bola, fora da área, em lance com Raniel, do Cruzeiro. O árbitro marcou o pênalti e Mancuello converteu. Foi o gol de empate do time mineiro, que acabou derrotado por 3×1.

Já no duelo entre Santos e Atlético-PR, o erro aconteceu aos 48 do segundo tempo, quando a partida estava 0x0. Dodô dividiu uma bola com Rony e caiu dentro da área. O árbitro viu pênalti, e Sanchez marcou o único gol do jogo.

Decisão

Em entrevista, Coronel Marinho negou que os árbitros estão sendo punidos, e sim passarão por uma reavaliação. “Eu não gosto da palavra punição. Eu risco do meu dicionário. Existe um trabalho de melhoria do árbitro. Isso é feito com os árbitros e com os assistentes. Então existem outras competições para que eles possam estar atuando novamente, para que possamos estar reavaliando se é caso de voltar ou não para a Série A, que é a competição mais importante aqui e de uma exposição muito grande. Eles serão reavaliados e, se estiverem bem, voltam. Senão, vão continuar lá”, explicou em entrevista ao programa Seleção Sportv.

Marinho disse ainda que quer saber o que causou erros tão primários. “Temos que saber o porquê do erro. Posicionamento, falta de atenção? Trabalho de equipe falhou? Comunicação falhou? Planejamento falhou? Isso tudo tem que ser analisado. Se houve falha, tem que ser corrigido. Se houve falha do planejamento de equipe, vamos corrigir. Que é o caso dos dois lances mais importantes, do Palmeiras e do Internacional. O trabalho de equipe falhou. Tem que ser corrigido, reavaliado por eles”, completou.

Fonte: Correio



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.