bahia

segunda-feira, 01 de outubro de 2018 15:44

Equipe esportiva do Canal Estúdio8 promete acionar jornalista da FBF por crime de injúria

Comentarista da equipe disse que o coordenador de uma equipe de transmissão via Live da FBF além de querer barrar ele no local de transmissão, ainda desmereceu o povo do interior e de Coité quando o assunto teve relação direta com o município.

Jilreis esteve acompanhado do narrador Emerson Lopes

O comentarista do Programa Na Onda do Esporte do canal Estúdio8 TV de Conceição do Coité, transmitido via redes sociais, Jilreis Nascimento, depois de prestar queixas contra um jornalista de um canal de transmissão também através de redes sociais, pertencente a Federação Bahiana de Futebol – FBF, procurou a redação do Calila Noticias para denunciar o que chamou de forma arbitraria praticada Haroldo Matos, antes do inicio do jogo entre Conceição do Coité e João Dourado na tarde do último domingo, 30, no Estádio Diovando Carneiro Cunha “Vandão”. A partida decidia a seleção classificada para a terceira fase do Campeonato Intermunicipal.

Jilreis disse que o produtor do canal da FBF desrespeitou a sua equipe e o povo do interior 

De acordo com Jilreis, ao chegar na cabine onde tem montado a estrutura aos domingos em jogos da seleção coiteense para transmissão em LIVE, encontrou a equipe da FBF ocupando todo espaço e no momento que estava tentando de alguma forma também montar os seus equipamentos, “o produtor disse que a gente não podia ocupar o espaço, porque iria atrapalhar o trabalho deles e que não tínhamos o direito porque ele não deu autorização, afirmando: ‘eu sou a federação e não autorizo o uso do espaço'”, falou indignado Jilreis.

O comentarista disse que Haroldo, além de ter praticado arbitrariedade ao chegar querendo mandar num espaço que nunca esteve, contrário dele que cobre todos os jogos de Coité, ainda cometeu crime de injúria. “Ele ofendeu o povo de Conceição do Coité e do interior, quando disse: ‘a gente vem de Salvador para trabalhar no interior, e esse povo hein’! Tratando o povo de forma pejorativa e cometendo crime de injúria, relatou Nascimento.

Diante dos fatos, Jilreis disse que está disposto entrar com uma ação judicial contra a Federação e contra Haroldo Matos e já prestou queixa na delegacia da cidade. Disse também que não entrou em vias de fato porque teve habilidade para não cair na provocação.

Jilreis disse que apesar da dificuldade que encontrou, contou com apoio de Lucas Pinto da Equipe “Ta na Rua” que também faz transmissões e conseguiu um espaço ao seu lado para mostrar o jogo.

CN

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.