bahia

quarta-feira, 21 de novembro de 2018 16:50

Preso suspeito de matar sindicalista a tiros em emboscada na cidade de Central

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Leandro Ferreira Rocha, 32 anos, já havia sido preso por receptação de veículo roubado e também é investigado por outro homicídio na região.

Foto: vítima. Divulgação/Polícia Civil

O homem suspeito de matar a tiros Aroldo Pereira de Souza, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do município baiano de Central, foi preso na manhã desta quarta-feira (21), durante uma operação da Polícia Civil, intitulada de “Operação Feedback”. O homem foi identificado como Leandro Ferreira Rocha, 32 anos.

De acordo com a polícia, ainda não se sabe a motivação do crime, mas tudo indica que Leandro foi contratado para efetuar os disparos contra o sindicalista, morto numa emboscada.

Suspeito

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a ação conjunta que resultou na prisão do suspeito reuniu a 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Irecê), Delegacia Territorial de Central e a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Semiárido.

Na ação, também foram apreendidos telefones celulares, três motocicletas, um carro, um notebook, três câmeras fotográficas e dois pendrives.

A Polícia Civil informou, ainda, que Leandro acumula passagens na polícia, já tendo sido preso por receptação de veículo roubado e está sendo investigado por outro homicídio na região.

O homem foi encaminhado para a delegacia de Central, onde ficará a disposição da Justiça.

Caso

Segundo a Polícia Civil, a vítima pilotava uma motocicleta quando sofreu uma emboscada e foi morto a tiros quando voltava para a roça dele, no povoado de Larguinha, por volta das 7h30 do dia 8 de novembro.

Ainda segundo as investigações, o autor do crime também estava em uma moto. O presidente do sindicato foi atingido na cabeça e no braço, chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Central e depois tranferido para o Hospital Geral de Irecê, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: G1



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

  • + LIDAS