fatos-policiais

segunda-feira, 15 de maio de 2017 23:55

Corpo encontrado no município de Gavião pode ser de coiteense sequestrado na noite de sexta-feira

O corpo está no IML de Itaberaba e a confirmação deverá ocorrer nesta terça-feira.

Foto: Divulgação /família

Familiares do ex-presidiário Bruno Leonardo Brito Pinheiro, 34 anos, deverão confirmar nesta terça-feira, 16, se o corpo encontrado na região da Fazenda Cabaças, no Município de Gavião, é o dele. Pelas vestes e características alguns parentes afirmam que o cadáver encontrado ao lado de uma cerca de arame com um tiro na cabeça disparado com arma de grosso calibre e que deixou o rosto desfigurado, é de Bruno, mas que ainda não se confirma 100%.

O corpo foi levado por uma equipe da Policia Técnica para o IML de Jacobina, mas segundo informações, pelo fato de o mesmo não ter sido encontrado com documentos, necessitaria manter conservado na geladeira, mas o equipamento se encontra com problemas e teve que ser encaminhado para o IML de Itaberaba, para onde quatro pessoas da família estão indo para fazer o reconhecimento e posteriormente solicitar o translado para o Povoado de Serrote, onde o mesmo estava morando a cerca de um ano.

Bruno foi sequestrado na noite de sexta-feira, 12, quando estava a bordo de um Fiat Palio de sua propriedade na Fazenda Jibóia, por quatro homens encapuzados. O veículo foi encontrado no dia seguinte no Açude de Itarandi, distante aproximadamente 5 km da sede de Coité.

A família informou que Pinheiro veio morar no Povoado de Serrote, na região do Distrito de Salgadália, depois de cumprir pena de 2 a 3 anos, no presidio de Feira de Santana acusado de trafico de drogas.

Redação CN



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.