politica

quarta-feira, 03 de outubro de 2018 22:56

Candidato a deputado federal Hugo de Rene quer presença de médicos psiquiátricos nas escolas públicas

O candidato que mora em Riachão do Jacuípe concorre pelo REDE Sustentabilidade e apoia Marina Silva presidente.

Foto: divulgação

O assistente social Hugo Francisco da Silva Melo, 39 anos, popularmente conhecido como Hugo de Rene nasceu em Feira de Santana, mas desde os 9 anos reside em Riachão do Jacuípe.Filiado ao Rede Sustentabilidade partido que tem Marina Silva como candidata a presidente da república, ele colocou seu nome para apreciação do eleitor de Riachão do Jacuípe e demais cidades da Bacia do Jacuípe, Portal do Sertão e Território do Sisal, quando concorre a uma vaga na Câmara Federal.

De acordo com Hugo de Rene uma das principais propostas apresentadas por ele é a presença de médico psiquiátrico em escolas da rede pública dos 417 municípios baianos.

Em representação encaminhada a Procuradoria da República na Bahia, contra a Secretaria de Educação do Estado da Bahia, Secretaria do Ministério de Educação, e contra as secretarias de Educação dos 417 municípios do Estado da Bahia, a instauração de Procedimento Preparatório, objetivando reduzir o tempo para que os alunos de escolas públicas tenham o diagnóstico – e consequente acesso à assistência à saúde mental pelo SUS visando a prevenção, promoção e atenção à saúde dos educandos e a identificação e tratamento precoce de transtornos mentais, e todas as providências aptas à garantia da presença de médicos psiquiatras nas equipes multiprofissionais do Programa Saúde na Escola.

Ao justificar sua representação junto as procuradorias da República MPF dos municípios de Salvador, Alagoinhas, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Campo Formoso, Eunápolis, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus/Itabuna, Irecê, Jequié, Paulo Afonso, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista e Juazeiro, Hugo de Rene apontou o crescimento avassalador de casos de transtornos mentais e destacou que em pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Psiquiatria do Desenvolvimento para Infância e Adolescência (INPD) avaliou cerca de 1.700 alunos de escolas públicas das quatro regiões brasileiras entre 6 e 16 anos de idade e em suas conclusões, evidenciou que a taxa de prevalência de transtornos psiquiátricos na população estudada foi de 13%. Além disso, constatou-se que os transtornos disruptivos (transtorno desafiador e de oposição, transtorno de conduta e transtorno de hiperatividade e déficit de atenção – TDAH) acometiam 5,8% dos pacientes.

De acordo com o candidato, esses dados estão descritos no Estudo Epidemiológico sobre a Saúde Mental do Escolar Brasileiro e demonstram a necessidade de promover a assistência psiquiátrica – preventiva e terapêutica – no âmbito das escolas. Isso, para ser feito da forma adequada, exige a participação de profissionais qualificados na área de saúde mental, especialmente psiquiatras no Programa Saúde na Escola.

Para Hugo de Rene, “sem a presença de médicos psiquiatras na rede pública de ensino dos 417 municípios baianos, chega a ser impossível promover à redução do risco de doenças e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”, concluiu.

CN * Blog do Jivanildo

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.